> Perhappiness: Mãe, você é abusiva.
         
 

Mãe, você é abusiva.

26 dezembro 2015


Em tempos de discussão de relacionamentos abusivos, nós estamos ficando cada vez mais conscientes de quando nossos namorados ou namoradas estão sendo tóxicos para a nossa saúde mental. Continua sendo tão difícil quanto nunca romper um ciclo de abuso, mas o acesso à informação torna cada dia mais fácil identificarmos esse tipo de situação: o que é sempre o primeiro passo para interrompê-las.

O problema é identificarmos com clareza uma relação abusiva quando ela se esconde atrás de discursos normatizados de "educação", "instrução", "preocupação" - mas se manifesta na total falta de respeito da individualidade dos filhos e no abuso de autoridade, tendo consequências extremamente danosas para o nosso crescimento em um ambiente seguro.

Mãe, você é abusiva.

Não é saudável me comparar todos os dias com a minha prima/irmã/vizinha e chorar lamentações sobre "por quê você não pode ser mais como a Mariazinha?", porque eu não posso ser ninguém além de mim mesma. E quem eu sou não deveria ser causa de lamentação.

Não é saudável quando você me coloca pra baixo em toda a oportunidade que tem e expõe que a minha única salvação na vida é encontrar algum homem. E nem que "meu homem" seja minha única conquista decente na vida e que eu precise agradecer todos os dias por esse milagre e me cuidar para que ele não perca o interesse. 

"É por isso que você ainda está sozinha"; "se estivesse casada não estaria passando por dificuldade agora"; "se continuar descuidada desse jeito seu marido vai encontrar alguém mais bem cuidada rapidinho"; "com esse seu estilo esquisito você não vai encontrar nunca um homem que te queira"; "precisa casar com um homem que te cubra de porrada pra você aprender a ser mulher".

Mãe, você é abusiva.

Você é abusiva quando enxerga na minha vida uma extensão da sua e projeta em mim tudo aquilo que queria ter sido e não foi e tudo aquilo que queria ter feito e não fez. E se frustra toda vez que eu tomo um caminho diferente do que você queria tomar. Quando percebe que eu não tenho os mesmos gostos nem reproduzo os mesmos pensamentos que os seus e toma atitudes cada vez mais drásticas na tentativa desesperada de retomar o controle. Quando confunde dominação com instrução e não aceita apenas me dar orientações, mas precisa viver por mim e controlar cada detalhe da minha vida e cada escolha que eu preciso tomar. Que amigos ter. Por quem me apaixonar. O que estudar. Que função exercer. Que preferência política ter. O que fazer no meu tempo de lazer.

Você é abusiva quando faz com que eu me frustre por não conseguir corresponder às suas expectativas. E que eu lamente por ser a pessoa que eu sou, que eu me repreenda e tente me transformar em alguém que eu não queria ser. Que eu me odeie por isso. Me ache errada e me questione todos os dias: porque eu não posso simplesmente ser mais como a Mariazinha? Por quê eu sou esse monstro que causa tanto sofrimento na minha mãe?

Você é abusiva quando se utiliza de discursos maternais sobre como me ama e "só quer o meu melhor" para abusar do seu poder de mãe e revirar minhas gavetas, mexer no meu celular, olhar minhas mensagens, jogar minhas roupas fora, esconder meus batons. Dizer que eu estou horrorosa e vou passar vergonha saindo de casa daquele jeito, porque "é melhor ouvir da sua mãe do que de um desconhecido". Ou quando me faz sentir culpa por existir. Porque "eu não sirvo pra nada mesmo". Ou só existo pra te dar prejuízo. Fui um erro que você não compreende. A prova do seu fracasso. A concretização do alerta que todos te fizeram quando você optou por ser mãe solteira. "São todas putas" - eles disseram.

E, ah, as chantagens emocionais! Não podemos nos esquecer dos jogos psicológicos e das tentativas múltiplas de manipulação. Das lágrimas, dos choros e das ameaças.

"você não me ama"; "você só causa desgosto"; "você ainda vai me matar um dia"; "onde foi que eu falhei como mãe?"; "espero que um dia Deus me perdoe pela filha que eu criei"; "você não tem respeito por pai e mãe"; "é muito egoísmo da sua parte"; "porque você é tão ingrata?"; "não faz nada pela sua mãe"; "você não tem medo de ir pro inferno?"; "eu estou à ~isso aqui~ de não te considerar mais minha filha"; "lembre-se que você é sustentada por mim"; "enquanto viver nessa casa..."; "você não valoriza nada que eu faço por você"; "eu sacrifiquei minha vida toda por você e é assim que você me retribui?" "o que o resto da família vai fazer quando souber o tipo de pessoa que você realmente é?"; "não consigo olhar na cara das pessoas de tanta vergonha por ter uma filha como você"; "se eu morrer saiba que foi você quem me matou"; "e eu ainda faço questão de deixar uma carta por escrito dizendo que foi você, pra todo mundo ficar sabendo".

Tudo isso pra conseguir o controle de volta e me fazer tomar a decisão que você gostaria que eu tomasse. Não pense nem por um segundo que eu estou tendo que ouvir essas coisas porque cometi algum crime terrível. Eu não estou bebendo, me drogando, me prostituindo ou reprovando de ano: coisas que jamais poderiam ser possibilidades reais dentro desse nosso lindo universo familiar tradicional brasileiro.

É apenas porque eu não quis cursar Direito no vestibular. É porque eu quis raspar o cabelo. É porque eu não me sentia bem usando vestido no Natal. Ou depilando minha perna pra ir pra praia. É porque eu não me calei na mesa de jantar diante daquele tio sexista ou homofóbico. Porque eu não quis namorar com aquele garoto que você escolheu. Porque eu coloquei aquele piercing ou fiz aquela tatuagem.

Não é amor. Não é preocupação. Não é educação. Não é saudável. Não é o seu melhor. Não é pro meu  próprio bem.

É abuso.

EDITADO: Devido a pedidos, grupo criado no facebook para apoio às manas e os minos que sofrem de abuso dentro de casa: https://www.facebook.com/groups/1520483021582090/



Me acompanhem também nas redes sociais:

69 comments:

  1. Respostas
    1. Estou AMAARIPETRA vivendo nos EUA, tenho sofrido de Herpes, por Muitos anos, período de 7 anos, sem cura. Em um dia fiel eu vi um Artigo sobre a internet foram uma mulher falou sobre o médico ISE e como este Médico curou-a permanentemente do HIV. Eu entrei em contato com ele através de seu e-mail: ISESPIRITUALSPELLTEMPLE@GMAIL.COM e falei-lhe da minha doença. Este homem grelha curou minha doença de infecção de herpes. Ele me enviou uma medicina herbal que me curou completamente. Hoje estou vivendo Felizmente e livre de HERPES. Eu tinha concluído em minha mente que não há Cura, ele é o proprietário e fundador do ISE HERB RESEARCH CENTER [IHRC] Dr .ISE tem a cura para o HIV, Zika, HPV, ASMA, Diabetes, sífilis, espermatozóides baixos Contagem, câncer, loucura, hepatite, bactérias e infecção parasitária e Outras infecções virais relacionadas. Ele tinha passado 15 anos na prática Espiritualismo, consultores, usando ervas e meios espirituais para curar Doença em todo o mundo. A principal razão pela qual estou escrevendo este testemunho é Para informar o mundo inteiro sobre seus grandes feitos, e ele é um Herbal Doctor Que pode curar doenças mortais. Ele também é um grande conjurador de magias que eu não tinha Ver qualquer Doutor tão poderoso como este homem de grelha, ele tinha salvo muitas vidas. Você pode contatá-lo via; ISESPIRITUALSPELLTEMPLE@GMAIL.COM.

      Excluir
    2. Estou AMAARIPETRA vivendo nos EUA, tenho sofrido de Herpes, por Muitos anos, período de 7 anos, sem cura. Em um dia fiel eu vi um Artigo sobre a internet foram uma mulher falou sobre o médico ISE e como este Médico curou-a permanentemente do HIV. Eu entrei em contato com ele através de seu e-mail: ISESPIRITUALSPELLTEMPLE@GMAIL.COM e falei-lhe da minha doença. Este homem grelha curou minha doença de infecção de herpes. Ele me enviou uma medicina herbal que me curou completamente. Hoje estou vivendo Felizmente e livre de HERPES. Eu tinha concluído em minha mente que não há Cura, ele é o proprietário e fundador do ISE HERB RESEARCH CENTER [IHRC] Dr .ISE tem a cura para o HIV, Zika, HPV, ASMA, Diabetes, sífilis, espermatozóides baixos Contagem, câncer, loucura, hepatite, bactérias e infecção parasitária e Outras infecções virais relacionadas. Ele tinha passado 15 anos na prática Espiritualismo, consultores, usando ervas e meios espirituais para curar Doença em todo o mundo. A principal razão pela qual estou escrevendo este testemunho é Para informar o mundo inteiro sobre seus grandes feitos, e ele é um Herbal Doctor Que pode curar doenças mortais. Ele também é um grande conjurador de magias que eu não tinha Ver qualquer Doutor tão poderoso como este homem de grelha, ele tinha salvo muitas vidas. Você pode contatá-lo via; ISESPIRITUALSPELLTEMPLE@GMAIL.COM.

      Excluir
  2. Bom texto! Muitas mães praticam esse tipo de abuso e não sabem o mal que causam em seus filhos.

    ResponderExcluir
  3. Texto maravilhoso !! Minha mãe sempre me diminuiu por não ser igual ao mei irmão sempre dizendo que nunca iria casar ou ser alguém DOI ouvir certas coisas da pessoa que diz que só faz para o bem e não percebe que é a que faz mais mal
    Parabéns pelo texto

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela sua coragem em expor, um tipo de abuso que nunca é falado.

    ResponderExcluir
  5. Texto incrível! Primeira vez que leio algo que fala tão diretamente sobre isso.

    ResponderExcluir
  6. Melhor texto me identifiquei em 99% das situações descritas aí...

    ResponderExcluir
  7. Caramba! Fiquei sem palavras assim que terminei.
    Só digo uma coisa: Parabéns.

    M. Lacrymosa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Nossa, perfeito!
    Pior de tudo é você se sentir mal pelos sentimentos que tem sobre isso "pq mãe só tem uma" e da incrível falta de coragem e vontade de ir visitar e ficar tempo perto, sempre vêem que os filhos são os errados mas não ouvem o que as mães falam!

    Parabéns pela coragem de falar desse assunto sem medo de quem não sofre esse abuso falar que vc está errada !

    ResponderExcluir
  9. Que texto garota! Tive que me conter para não me entregar às lágrimas! Amo profundamente minha mãe, e sei que ela me ama, mas sinto que nossa relação me traz angústias e inseguranças. É muito difícil se libertar de algemas fabricadas com amor. as frases que vc citou, já ouvi todas, e são as que mais doem. Pois ouvi-las de alguém que amamos magoa muito mais do que as ditas por inimigos.
    Aos poucos vou tentando me libertar, sem magoar minha mãe e família. Como é difícil ser adulta!
    Meu blog, caso queira ler meus textos também:
    http://umavidaemandamento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa, texto muito bom! As vezes a mãe nem percebe o mal que faz aos filhos em situações como essa. É preciso um tratamento para ambas as partes, evitando assim sequelas mais graves no futuro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perfeito. Esta é a conclusão que eu tbm cheguei. Ela errou, e eu tbm errei... Agora é bola pra frente. Não se prender ao passado e tentar fazer diferente se algum dia tiver um filho.

      Excluir
  11. Me identifiquei muito nesse texto, no papel da filha. É uma realidade triste, dói muito mas, aos poucos você aprende a mudar a situação com um pouco de jogo de cintura.

    http://alguemdevalor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Que texto incrível! A minha nunca influenciou na minha carreira, mas de resto, me identifiquei com tudo. Sob a desculpa que "enquanto morasse sob seu teto, devia obedecer". Passei anos reclusa, infeliz, mas nunca desisti da felicidade. Daqui 2 semanas estarei me mudando. Será difícil, mas nada supera a sensação de que finalmente, poderei ser eu mesma. Te desejo muita força, logo isso tudo passará. Não deixe nunca de ser você.

    http://www.bilhetedagarrafa.com.br

    ResponderExcluir
  13. Obrigada pelo texto! As mães acham que devíamos ouvir tudo e da forma que elas querem, porque afinal dizem tudo para o nosso bem. Elas não sabem é que elas por vezes são o nosso mal. Uma mãe deveria saber que não deveria criar pressões na filha(o). "Os filhos não são nossos, são do mundo" é uma expressão que já ouvi e que minha mãe já começou a interiorizar. Eu sou eu, eu faço as minhas escolhas, eu sofro as consequências. Eu NÃO sou uma boneca que ela pode escolher o vestido e o cabelo sempre que quiser, embora tente. Deixei a minha escolher muitas coisas por mim e cada vez que faço o que ela quer choro, pois me sinto "presa", se não faço o que ela quer ela chora e eu choro também porque me sinto mal. Mas sabe que mais? Tenho feito tudo do jeito que eu quero sem me importar com ela, e ela ainda esta semana me disse que um dia se matava por eu a deixar tão desiludida... Fui para o curso que ela quis, tenho notas superiores a 15 na faculdade (numa escala de 0 a 20) e ela continua a dizer que só a desiludo. Porquê? Porque estou no computador e ela não sabe o que faço, porque tenho namorado que não foi ela a escolher (tanto que há uns meses o filho de um colega do trabalho dela andou "atrás de mim" e ela queria que eu andasse com ele... e estando eu namorando com o outro)... Enfim! :( Sofro com ansiedade todos os dias, choro de nervos quando tenho uma nota inferior a 15 pois sei que ela me vai insultar e humilhar e se tenho um 18, choro na mesma porque sei que ela vai esperar cada vez mais e dizer "só 18? Podia ter tido um 19 ou 20"... E sempre tenho que ser igual às outras meninas. Mas pior, tenho que ser igual às que saem à noite e se divertem bebendo e etc. E apetece responder: Quer que tome bebedeiras, me drogue e faça sexo com 5 na mesma noite?! Não sou dessas, mas você insiste que quer que eu seja igual às filhas das suas amigas baseado no que elas são junto das suas mães. Na discoteca são todas umas vadias (desculpe o termo mas é verdade). Ela quer que eu: que sou quieta, gosto de escrever, ler e estar em casa junto da família me torne numa dessas raparigas sem cérebro que precisam fazer todas essas coisas para se sentirem confiantes...

    Você fez-me perceber que tenho que pôr fim ao que ela me diz, obrigada.
    - Aventurina

    p.s- escrevo como anónima porque ela ou alguma das filhas das amiguinhas dela pode ver e isso só me traria mais problemas...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Descreveu minha mãe esse teu relato, até na parte das baladas. Ela diz que queria que eu fosse dessas meninas que saem pra noitada, se amam e se divertem e não que ficasse com namorado sério em casa. Isso me machuca demais, pois aposto que Boa parte das mães dessas meninas só queriam quem elas aquietassem em casa e tivessem um relacionamento sólido.

      Excluir
  14. Olá! Achei o texto maravilhoso e me identifiquei muito. Faz um tempinho que comecei frequentar uma clínica de psicologia e comecei perceber que meus pais eram abusivos e que grande parte dos meus problemas são originários da forma como eles me trataram a minha vida inteira. Por isso é realmente importante atentarmos para o comportamento abusivo dos pais (mãe e pai), pois ambos podem ser abusivos da mesma forma ou de formas diferentes. Tendemos a apresentar marcas causadas pelo comportamento das mães, pois geralmente são elas que estão sempre presente, principalmente diante da ausência física ou emocional que é comum aos pais (homens). Por isso, muito direcionada pelo pensamento feminista e pela vontade de tentar entender a situação da minha família, comecei a pensar de que forma a ausência do meu pai e a fomar como ele tratava a minha mãe influenciou no comportamento dela e quais marcas a ausência do meu pai me deixou. Acredito que é um exercício que todas devemos fazer.

    ResponderExcluir
  15. Nossa! não tenho palavras pra expressar o tamanho do amor por esse texto! Desde os 16 anos moro sozinha, hoje estou com 24 anos e casada. Vivo uma fase de crise com minha mãe porque ela se sente frustada por ter chegado onde chegou, com a pessoa que chegou (meu padrasto) e não ter "construído" nada do que ela sempre sonhou. E ela desconta as frustações dela em mim, eu tenho minha casa própria que eu batalhei muito para conseguir, daí minha mãe mora de aluguel, ela se sente no direito de escolher a cor que eu devo pintar tal parede, o piso que eu devo colocar, o tipo de porta que eu devo ter, TUDO do gosto e jeito dela. Recentemente comprei meu carro daí ela acha que o carro é dela e que eu tenho TOTAL obrigação de levar ela pra baixo e pra cima a hora que ela quizer e pra onde ela quizer. Sou maquiadora, uma vez estava com cliente no meu estúdio e ela ligou dizendo que precisava que eu a buscasse no serviço, eu disse que não poderia pois estava com cliente e ela com toda educação de sempre, desligou o telefone em minha cara!
    Recentemente minha mãe teve um infarto e ficou hospitalizada por 1 semana, eu larguei minha casa, desmarquei compromissos, "abandonei" meu marido e fui ficar em tempo integral com ela, sabe pra que? pra ouvir coisas do tipo: "nossa! pq vc é assim?" "eu pedi tanto pra Deus uma menininha mais delicada" "você é igualzinha a seu pai"...
    Enquanto isso o marido dela não se prontificou um só dia pra revezar comigo. E quando eu fui perguntar porque ele não fica la com ela, tudo que eu ouvi foi: "é sua obrigação ficar comigo, não dele! e não fale dele porque você não é nada pra falar dele!" oi? a obrigação é minha? então marido não serve pra nada? Ah é me desculpe pelo equívoco! quem não serve pra nada sou eu! eu que passei dia e noite com ela e NÃO SIRVO PRA NADA! eu que levo ela pra baixo e pra cima e NÃO SIRVO PRA NADA! eu que realizo todos os caprichos dela e NÃO SIRVO PRA NADA!
    E pra encerrar ela teve alta no dia do meu aniversário, 8 de dezembro, eu abracei ela bem forte na hora que o médico avisou sobre a alta e disse: "Nossa mãe! eu não poderia ter melhor presente hoje no meu aniversário do que tirar a senhora daqui bem!" A resposta que eu tive da forma mais fria possível foi a seguinte: "ah! hoje é seu aniversário? parabéns!"
    Na minha inocência (ou tolice mesmo) ela foi fria comigo porque estava anciosa logo para sair daquele lugar, mas com certeza quando eu a deixasse em sua casa e ela descansasse um pouco ela iria me ligar e me desejar paz, saúde e muitas felicidades, afinal é o que uma mãe faria certo? ERRADO! estou até o dia de hoje esperando essa ligação.

    ResponderExcluir
  16. O que dizer de um texto que como poucos, conseguiu descrever meu sentimento de forma tão real. Parabéns pela coragem, e obrigada por me fazer ver que não estou sozinha!!

    ResponderExcluir
  17. Tentei me segurar, mas não deu. Foi muito difícil pra mim ler esse texto, muito mesmo. Acabei chorando, claro, mas pelo menos agora eu vejo que eu não estou sozinha. Meu pai também é abusivo, mas em um nível diferente da minha mãe, e de uma maneira diferente também. Aliás, a minha mãe tem ciúmes até do meu pai (eles são separados).
    Não tem um dia que eu não pense "quando eu vou sair dessa casa"? Há mais de um ano eu tento arranjar um trabalho que case com o horário da faculdade, só como uma esperança de um dia sair daqui, ou de pelo menos poder passar mais tempo fora de casa. Acho que a única coisa que eu não me identifiquei foi essa questão de escolher namorado. Nem isso eu tenho a liberdade, ou ela escolhe... O negócio aqui é que eu não posso namorar mesmo. Sair de casa pra ir na balada a noite? Nem pensar. Sair com uns amigos depois da faculdade? Não. Sair com a MELHOR AMIGA em um PARQUE à TARDE? NÃO! Ver filme em casa? Só se for debaixo dos olhos dela. Eu sou o bichinho de pelúcia dela, nem bicho de estimação sou, porque esses ainda são vivos...
    O mais engraçado é que de uns tempos pra cá tenho me envolvido muito na militância feminista, e adivinha? Isso incomoda ela (e muito!). A conclusão que cheguei foi de que QUALQUER grito de liberdade, em qualquer situação, incomoda ela.

    No final das contas, quanto mais ela quer me """"""proteger""""""", quanto mais ela me quer perto, quanto mais ela é abusiva... Mais eu tento voar longe. Na primeira oportunidade que eu tiver dinheiro pra pagar um aluguel e as contas e achar alguém que divida os custos comigo, vou pra fora de casa.

    E é aquela coisa.

    Vou morrer me sentindo culpada. Porque "mãe é mãe". Porque "mãe só tem uma". Porque eu sou a filha ingrata. Porque ela me deu a vida e eu deveria estar muito agradecida por isso. Eu a amo, e nunca deixarei de amar. Mas acho que já é tempo de eu mostrar um pouco de amor próprio e ir atrás da minha felicidade. E eu sei que a minha mãe não faz por mal. Nenhuma faz. Mas quando você tenta conversar, tenta dialogar, tenta ajeitar as coisas porque vê que tem uma grande falta de comunicação que atrapalha ainda mais tudo isso e não dá certo, ela não te escuta, ela começa a chorar e a jogar todas essas coisas que você comentou no texto, na tua cara... Não dá mais.

    Se alguém tiver alguma dica, alguma luz, por favor, responde isso <3 Eu não sei mais o que fazer, além dos poucos planos que fiz, e que não têm previsão pra dar certo...
    Eu só sei que se eu finalmente conseguir sair de casa na metade do ano que vem, eu não vou querer visitar ela, e eu não sei como a nossa relação vai ficar. Eu não quero magoá-la, mas eu cansei de me machucar. Já foram mais de três tentativas de suicídio, a primeira aos treze anos, já foram muitas noites que eu dormi chorando, já foram muitas as vezes que eu me culpei. Eu não quero mais passar por isso.

    No mais, eu só tenho a agradecer. Esse texto foi muito, muito importante mesmo pra mim. Muito obrigada. <3

    (e claro, comento como anônima porque o medo do controle é tanto que seria muita exposição qualquer coisa que vá além do anonimato)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, acabei de comentar com o nome S.♡. Dá uma lida no meu comentário aqui, espero que possa te ajudar. Me identifiquei muito com o teu comentário, e tudo isso é de partir o coração. Estou buscando me curar no momento, e espero que minha sugestão de leitura sobre narcissistic mothers te ajude e te guie também. Tudo de bom, e força que a gente sai dessa. ♡

      Excluir
    2. Muito obrigada S.♡! Adorei o seu comentário e a sugestão de leitura, e por isso sou muito grata <3 vou começar a ler já!
      Tudo de bom pra você também, nós não estamos sozinhas. E reitero o que você disse: Força, que a gente sai dessa. <3 e de novo, muito obrigada mesmo.

      Excluir
    3. Queria sugerir um grupo pra trocarmos idéias e apoio. O que acham?

      Excluir
    4. aah amei a ideia do grupo de apoio e acabei de criar =) https://www.facebook.com/groups/1520483021582090/

      Excluir
    5. Eu pedi pra entrar no grupo. :) manas unidas!

      Excluir
    6. Gente, se eu entrar no grupo, minha mãe vai poder ler a descrição mesmo não sendo parte do grupo (uma vez que o grupo é fechado e não secreto)? kkk
      porque aí vai dar problema pra mim ): mas eu adoraria entrar! me chamo isabelle

      Excluir
  18. Parabéns! Vai ajudar muita gente a despertar! Namastê querida! Continue! <3

    ResponderExcluir
  19. Parabéns! Vai ajudar muita gente a despertar! Namastê querida! Continue! <3

    ResponderExcluir
  20. Pra todas que leram esse texto e se identificaram, gostaria de compartilhar algo que uma pessoa que conhecia a dinâmica familiar na minha casa me mostrou certo tempo atrás: um subreddit chamado raised by narcissists.
    Aos pouquinhos fui entendendo e compreendendo que muitas vezes o abuso não é apenas um abuso, é um problema de personalidade. É um padrão. E que a solução pra esse relacionamento abusivo não está nas minhas mãos, em "ser mais como a Mariazinha", ou fingir concordar com todas as opiniões dela. A verdade é que o amor e a aprovação - que mães assim usam como uma isca para nos manter dentro da caixa, sob o controle delas - nada mais é do que uma isca. Não é algo tangível, é uma meta que sempre vai mudando, se tornando mais difícil. Narcisistas não conseguem amar além de si mesmos, por isso são negligentes ou englobam outras pessoas como se uma extensão deles fossem. E isso obviamente é um abuso psicológico, muitas vezes não compreendido ou validado porque não deixa marcas e é confundido por terceiros com o famoso carinho e proteção de mãe. Não. Não é.

    A quem puder, recomendo a leitura sobre o assunto. Nós não somos nem nascemos quebradas, como elas nos fazem acreditar. Nós apenas estamos machucadas e precisamos de um tratamento.
    E no momento tenho lido um livro disponível no Kindle chamado "You Are Not Crazy - It's Your Mother", escrito por uma moça chamada Danu Morrigan. Tem me feito muito bem, saber que eu não sou a louca ingrata que ela diz, entre tantas coisas. Eu estava certa quando achava que minha relação com ela era diferente de outras de mãe/filha, e que tinha algo faltando ali. E o que falta é amor. Me desculpem, mas não tem como "consertar" uma relação assim. O melhor caminho é compreender, se curar e se libertar.

    ResponderExcluir
  21. S., ia recomendar à autora exatamente essa subreddit (https://www.reddit.com/r/raisedbynarcissists) depois de perceber na mãe dela vários indícios de narcisismo. A falta de empatia, ver a filha/filho como extensão de si mesma, enfim, toda aquela falta de "boundaries" que é tão destrutiva. Se esse for o caso, aprender mais sobre esse problema é fundamental. Boa sorte a tod@s nós nessa longa jornada de recuperação. E, ao contrário do que muitos narcisistas querem nos fazer acreditar, não estamos sós. <3

    ResponderExcluir
  22. antes de qualquer coisa, digo que fico feliz por você conseguir perceber ações que te machucam e assim tomar alguma atitude pra não aceitá-las. geralmente isso é muito difícil, especialmente quando se trata de alguém que a gente ama ou alguém de quem a gente depende de tantas maneiras.

    mas eu queria comentar sobre: outros comentários que li sobre esse texto. eu achei o link pro seu texto no twitter, depois que algumas pessoas da minha tl começaram a falar sobre mães abusivas, e queria saber de onde veio o assunto.

    [tw: atenuação de abuso]

    o que me surpreendeu foi a quantidade de pessoas que tentaram dar justificativas, atenuações ou uma forma de diminuir o abuso. é claro que se você e sua mãe discutem algumas vezes porque ela quer que você faça direito e você não, isso não é abuso. mas pra mim insistir nisso através de insultos constantes ou diários contra você é uma forma de abuso. disseram também que "não é abuso, é controle", e eu acho que algo passa a ser abusivo dependendo do que você tenta controlar. pra mim, controlar o que você veste, as pessoas que você tem permissão pra ver quando elas não apresentam risco pra você ou os lugares que você pode ir quando você não está fazendo nada de errado ou ilícito nesses lugares é uma forma de abuso. fazer comentários pejorativos e degradantes sobre a sua aparência diariamente é uma forma de abuso, atacar frequentemente a sua capacidade intelectual é uma forma de abuso, dizer que você merece apanhar por não se comportar como ela quer é uma forma de abuso... enfim, você mesma disse tudo isso no seu texto. eu já ouvi que eu não presto pra nada milhares de vezes da minha mãe, nessas exatas palavras, e eu sei o impacto que isso causou em mim.

    eu só me surpreendi bastante mesmo com o número que mulheres feministas que tanto falam de abuso em outros tipos de relacionamentos não quiseram reconhecer a relevância do abuso psicológico, ou tentaram atenuar esse tipo de abuso falando das circunstâncias da vida da pessoa que abusa como se, nesse caso, a sua mãe ter passado ou estar passando por algo ruim justificasse de alguma forma ela fazer essas coisas com você, ou tentaram dizer que isso não é abuso porque não houve agressão física, etc, etc, etc. eu concordo que mulheres passam por diversas coisas que podem levar a esse tipo de comportamento, ou que os valores que nossas mães tentam nos passar dessas formas foram ensinados a elas muitas vezes de formas piores, e acho que isso merece atenção, porque elas provavelmente também sofreram esses mesmos abusos; apenas não acredito e nem aceito que digam que isso de alguma forma justifica um abuso cometido por elas, ou que o que se passa com elas é mais importante quando se trata de um abuso cometido por elas do que o impacto que elas causaram.

    achei bem estranho mesmo, e acho que a palavra abuso ficou tão associada a homem cis hétero abusador que quando usada pra falar de mãe gerou um choque que fez algumas pessoas desdenharem do seu relato.

    como pessoa cujas crises depressivas receberam enormes contribuições desse mesmo tipo de comentário por parte da minha mãe (eu não ousaria dizer que ela é a responsável por todos esses problemas porque não seria verdade), tanto por motivos como os que você citou quanto por eu não ser hétero, entre outras coisas, além de agressões físicas também, eu sei que esses comentários causam real impacto e me decepcionei muito com a recepção de várias pessoas ao seu texto. só decidi passar e deixar esse comentário pra dizer que não aceitei o descrédito de nada do que você disse, nem a atenuação do que sua mãe fez e espero que as coisas melhorem e você fique bem.

    ResponderExcluir
  23. Adorei!! Obrigada por esse texto, perfeito pra começar 2016 com outro olhar!

    ResponderExcluir
  24. Oie, escrevi esse texto em resposta ao teu. De uma filha feminista para outra!
    http://escrevoabstratos.blogspot.com.br/2015/12/mae-te-entendo-agora-vamos-ser-amigas.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. era disso que eu tava falando no meu comentário.

      de repente parece que tudo bem procurar todas as desculpas possíveis pra não chamar essas coisas de abuso, pra dizer que a menina foi precipitada em "fazer uma acusação dessas", que ela é rancorosa (???).

      tudo o que você disse sobre mulheres terem sido criadas numa cultura misógina que incita rivalidade feminina e culpa mães por praticamente tudo é verdade, e uma mãe não deve ser (e não foi, aqui) como um homem abusador, mas nada disso serve de justificativa pra esse comportamento, apenas não serve, e não faz com que deixe de ser abusivo.

      por que tá todo mundo procurando uma justificativa pra isso, gente? ela não disse que vai rachar a mãe dela, ou que a mãe é igual ex-abusivo, apenas apontou o comportamento abusivo da mãe como sendo isso, abusivo.

      se o problema é que abuso e uma palavra reservada a homens (aparentemente), homens também recebem uma educação misógina. eles não odeiam mulheres porque deu na telha deles, mas porque são ensinados a fazer isso todos os dias de diversas formas. isso justifica abusos cometidos por eles ou garante que quem passa por eles deve ter "cautela" pra falar sobre?

      gente, desculpa mas...

      para né

      Excluir
  25. O texto é importante. É lindo. Mude a mãe que vc será. Quebre o ciclo com seus filhos.

    ResponderExcluir
  26. miga, okay é abuso mas vc, como feminista, deveria entender o pq da sua mãe agir assim, sabe o patriarcado que fode a sua vida e das suas amiguinhas tbm fode o da sua mãe e o de todas as mulheres

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "okay é abuso mas"?

      isso significa o que? que o fato de uma mulher ter passado por um monte de merda dá a ela uma desculpa pra fazer merda com outras mulheres? tira da menina o direito de apontar essas coisas como abusivas?

      o patriarcado EXPLICA o abuso, mas NÃO JUSTIFICA e NÃO DIMINUI. parem de ficar dissuadindo a moça de chamar essas coisas de abuso, parem de ficar tentando diminuir essas coisas, que atitude mais ridícula.

      eu tive mais de um relacionamento com mulher, incluindo minha mãe e uma ex, e toda vez que eu falo alguma coisa as pessoas ficam querendo que eu retire o que eu disse porque elas são mulheres e sofrem também. well guess what, eu também sofro misoginia e lesbo/bifobia, e nem por isso eu saio por aí usando elas como instrumento pra prejudicar outras mulheres, e se eu fizesse isso, eu sofrer com essas coisas não diminuiria o que eu fiz.

      falar sobre a razão desses abusos em relações mãe/filha acontecerem é uma coisa muito importante, mas vocês podem chamar atenção pra isso sem tentar isentar a pessoa que abusou, nesse caso a mãe.

      Excluir
    2. mais de um relacionamento abusivo*

      Excluir
    3. (fiz em duas partes porque o texto ficou muito grande, mas eu preciso dizer isso):
      Claramente você não tem uma mãe abusiva, e eu fico muito feliz por isso, porque eu não desejo o que eu passo a ninguém.
      Vamos lá.
      Você vê o quanto o seu discurso, a sua frase, é falha?
      Eu também sou feminista, e também sofro com uma mãe abusiva, então posso responder ao teu comentário claramente, visto à situação.
      Sabe quantas vezes eu já tentei conversar com a minha mãe? Sabe quantas vezes ela quis ou conseguiu me ouvir?
      Então não, não vamos dizer "okay é abuso mas...". Isso não ajuda. Nós não estamos falando de um relacionamento difícil entre mãe e filha. Nós não estamos falando de uma mãe não deixando a filha sair pra balada à noite, e só isso. Nós não estamos falando sobre a mãe não gostar do namorado da filha. Nós não estamos falando sobre briguinhas que acontecem entre toda mãe e filha. Nós estamos falando sobre uma vida toda de controle e abuso psicológico. Nós estamos falando inclusive de um TRANSTORNO MENTAL. Nós estamos falando de quando eu era um bebê e não podia comer sozinha, nem brincar com tinta, nem nada que fizesse bagunça porque eu não podia me sujar, e assim a minha mãe me dava a comida na boca até quando eu era grandinha, e controlava cada passinho que eu dava, só pra não fazer "bagunça". Nós estamos falando de quando eu tinha sete anos e ia pra escola com dor na cabeça porque a minha mãe me forçava a usar um rabo de cavalo bem apertado (que ela fazia) e se eu não usasse, ou tirasse quando chegasse na escolinha, ela dizia que ia ligar pra escola, pras professoras e pra diretora pra poder ficar sabendo do que eu fiz, e depois a gente ia se ver. Nós estamos falando de uma vida toda, até os 13 anos de idade, que eu tinha vergonha de tirar o cabelo atrás da orelha, porque eu achava que eu ficava mais bonita sem o cabelo preso assim, e se eu ficasse mais bonita minha mãe podia me achar vulgar ou brigar comigo. Nós estamos falando de eu passar rímel escondida desde os 13 anos até os 17 anos pra poder me sentir mais bonita e segura. Mas claro que eu passava escondida porque eu não podia me sentir bem comigo mesma, qualquer faísca que eu soltasse de que eu tava crescendo e virando uma mulher, minha mãe fazia disso o maior problema do mundo. Nós estamos falando de uma vida toda crescendo com uma insegurança absurda, ao ponto de ter a fala infantilizada até os 17 anos de idade. Nós estamos falando da minha mãe não conhecer meus amigos e amigas porque ela nunca se interessou, se eu não tivesse nenhum, tudo bem. Nós estamos falando de pequenas e grandes ações, mascaradas de "amor e proteção" que pros outros não é nada, mas é só na gente que ficam as cicatrizes abertas. Aqui não é amor e proteção. é obsessão e controle. Nós estamos falando de uma vida toda sendo (sobre)vivida por conta do controle e abuso de uma mãe.
      Sim, você está certa. O patriarcado complica a minha vida assim como a da minha mãe e de todas as mulheres. Sim, eu entendo isso. E acho que todas aqui entendem. O problema aqui vai ALÉM disso, e talvez só vivendo uma vida inteira de controle e abuso psicológico pra entender o que é ter uma mãe assim, ainda mais com pais separados e vivendo a maior parte da vida apenas com a sua mãe. Ninguém aqui disse que não entende o ponto de vista da mãe. E tenho certeza de que todas aqui já tentaram alguma vez conversar calmamente com a mãe. E não deu certo. Mais de uma vez.
      Você acha que quantas vezes eu já não vitimizei a minha mãe por "entender o lado dela" e só fiquei pior com isso? Você realmente acha que nós não nos culpamos todos os dias por nos sentir assim em relação a nossa MÃE? Eu tenho certeza que cada uma aqui ama incondicionalmente a sua mãe, assim como eu amo a minha. Mas nós não estamos falando de um relacionamento difícil aqui, muito menos sobre amor.

      (cont.)

      Excluir
    4. (segunda parte do texto)

      Um relacionamento abusivo, vindo de um homem ou mulher, por mais próximo que a pessoa seja, NÃO é aceitável. Não é certo.
      Se eu, sendo mulher, algum dia namorar outra mulher e ela for abusiva comigo, eu não vou aceitar. Eu sei pelo o que ela passou na vida e o quanto o patriarcado complica e influencia nas suas ações, mas eu não vou aceitar.
      Assim como eu não vou aceitar a minha mãe ser abusiva comigo, porque eu já aceitei demais. Nós não podemos nos curvar diante de um relacionamento abusivo, seja ele qual for, ou de quem vier.
      Minha mãe é uma GUERREIRA, uma mulher maravilhosa, forte, inteligente e linda. Eu a amo incondicionalmente. Mas ela tem um transtorno psicológico. E ela não quer ajuda. E ela tem todo o direito de não querer ajuda porque ela é dona de si. O que não pode acontecer é esse transtorno psicológico afetar toda a minha vida, o meu ser, e quem eu sou.

      Entende que o buraco é bem mais embaixo do que parece? Não tente ser tão simplista com um assunto tão complicado.
      E tenta se colocar no nosso lugar, pelo menos um pouquinho, por mais difícil que seja. E se não é pra ajudar, se você não consegue ter empatia e ajudar as migas, por favor, não diga essas coisas. Não reforce tudo o que já passou pela nossa cabeça. Não reforce esses pensamentos destrutivos que vitimizam o abusador (abusadora, no caso). Isso só piora a situação. Porque nós acordamos e vamos dormir todos os dias pensando isso.

      Excluir
  27. No meu caso não é minha mãe e sim minha tia. Ela desse jeito mesmo. E é horrível.

    ResponderExcluir
  28. afe, vi várias meninas falando desse texto e achei que quando lesse só fosse ter coisa "besta" nele, todo mundo desdenhando achando de boa ou dizendo que a vanessa tem que perdoar porque é a mãe dela que passou por poucas e boas por ser mulher também blah blah blah

    vergonha na cara né, gente, ficar falando que a menina tem que perdoar porque é a mãe dela é querer obrigar ela a aceitar coisa abusiva só faz ela sentir mais culpa ainda por sequer ter "duvidado do amor da mãe" e etc. nada a ver isso. se a mãe dela sofre machismo não significa que o que ela faz não tem problema ou que a vanessa não pode falar disso.

    tenham o mínimo de empatia com o lado vulnerável da equação (sim, a mãe dela tbm é vulnerável em várias coisas, mas nesse caso ela é a responsável então por favor)

    força, vanessa! tomara que a sua mãe perceba como essas coisas machucam, e se ela não perceber, que você consiga ficar bem mesmo assim. beijos!

    ResponderExcluir
  29. Como quebrar esse ciclo na relação entre mãe e filha? O que fazer diante deste histórico e evitar o circulo de sofrimento?

    ResponderExcluir
  30. Mana, também passo por isso e aprendi a lidar, porque não tinha pra onde ir, mas com o tempo aprendi a me defender de tudo isso. Se precisar conversar, desabafar, conta comigo mesmo que virtualmente. Fica bem. Paz e amor. Beijos

    http://mundodenati.blogspot.com

    ResponderExcluir
  31. Não pude deixar de postar um cometário para falar que pessoas estúpidas dirão que não foi abuso o que você passou, mas elas são apenas vítimas de suas próprias militâncias.
    Para essas mesmas pessoas existe um sistema maior que justifica o controle e ausência de limites e de respeito, mas eu e muitas outras dirão que não, não justifica. E você é muito corajosa em expor a situação e conscientizar outras pessoas.
    Livres seremos, quando todos os grilhões tiverem se quebrado.
    R.

    ResponderExcluir
  32. Eu não consegui não chorar sinceramente. Eu não sei mais o que fazer já até pensei em ir a um psicólogo Sinto que boa parte da minha insegurança provém dos abusos emocionais e eu não tinha me dado conta que era abuso até ler esse texto mas depois que pesquisei um pouco sobre o assunto me vi em tudo. Achei que era só comigo, ou achei que eu estava sendo errada e ingrata, o sentimento de culpa de nunca se achar boa o suficiente não passa e sei que é causado pelas críticas. O que doi é saber que eu a amo, que ela não faz por mal mas que não posso reverter isso, que não posso faze la entender como me sinto, como isso me afeta. Tenho medo de me tornar alguém como ela, de nunca dar certo em nada. Já procurei vários modos de sair, mas tenho medo do que pode acontecer uma parte de mim a ama demais e não quero ficar brigada com ela, mas outra parte quer ir embora e nunca mais olhar pra tras....mas eu tenho medo..muito medo. principalmente pelas pessoas que não entendem e ainda julgam concordando que voce é ingrata ..é bem triste

    ResponderExcluir
  33. que mundo maravilhoso que estamos vivendo, eu ainda duvido que este lançador de magias como ele fez isso !!!
    Minha boca está cheia de testemunhos, estou abençoando meu marido deixou a casa por dois anos à África do Sul para um turista, ele quis dizer uma prostituta e ele foi enfeitiçar pela menina meu marido se recusar a voltar para casa novamente, eu choro dia e noite à procura para que me ajude, eu li um jornal de notícias sobre um poderoso lançador de magias chamado Dr Okojie e i contactou o lançador de magias para me ajudar a obter o meu amor de volta para mim e ele me pedir para não se preocupar com isso que os deuses nós lutamos para mim .. ele me disse em meados de noite, quando todo o espírito está em repouso ele vai lançar um feitiço para se reunir meu amante de volta para mim. e ele fez em menos de 3 dias meu marido voltou para mim e começou a chorar que eu deveria perdoá-lo, eu, estou tão feliz por que este lançador de magias fez por
    eu e meu husband..contact em seu drokojiehealinghome@gmail.com e-mail é o melhor lançador de magias em todo o mundo selvagem. ele é especializar-se na resolução de outros problemas, incluindo o seguinte:
    (1) Se você quer que seu ex-costas.
    (2) se você sempre tem pesadelos.
    (3) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (4) Você quer mulheres / homens a correr atrás de você.
    (5) Se você quiser uma criança.
    (6) Se você precisar de ajuda financeira.
    (7) Se você quer a cura do HIV AIDS
    contatá-lo agora para solução imediata do seu
    problemas em Drokojiehealinghome@gmail.com
    obrigado

    ResponderExcluir
  34. Complicado ver que no próprio feminismo ao invés de acolherem a vítima de abuso nesses casos, ocorre uma tentativa de silenciamento dela com discursos daqueles vieses de que não se pode falar mal da mãe (porque ela é mulher também e vítima da socialização que recebeu, além de sustentar, de certa forma, o mito da maternidade como relação perfeita.


    A relação (parental ou não) entre as pessoas são sempre sintomas, sendo assim, é importante discutir a ideologia que fabrica e legitima essas relações para entender como se constituem esses discursos e relações e, sempre que possível, desconstruí-los. Mas isso não invalida a discussão sobre relacionamentos abusivos sejam eles entre maridos e esposas, pai e filha ou mesmo entre mães e filhas.

    E entender que ser mulher - especialmente qdo existe alguma hierarquia social entre elas ou algum privilégio (mãe e filha, branca e negra, chefe e subordinada) - não as isenta de serem abusivas e que não discutir isso, silenciar esse assunto, de certa forma, colabora para a manutenção do mito da maternidade, aquele de que "mãe é mãe". Não, não é bem assim...

    Além de dimensionar esse possível abuso na perspectiva da microfísica das relações familiares e da divisão sexual das tarefas domésticas (ao invés de silenciá-lo): pensando se as mães não estarão mais sujeitas a serem 'mães abusivas' do que os pais, visto que são elas as responsabilizadas pela criação e educação dos filhos e se a constituição dessas 'relações abusivas' não seriam resultado dessa divisão sexual do trabalho.

    Mas não discutir as relações abusivas dentro e/ou fora da família, cometidas por homens ou mulheres dentro da família não contribui com o entendimento da questão. Feministas negras são comumente silenciadas por feministas brancas com o discurso da 'sororidade', do inimigo em comum etc. Porém, o recorte é necessário. Além disso, sempre que uma mulher sofre abuso de um homem, a sociedade diz que não foi bem assim e tenta justificar o abuso. No caso de feministas negras, elas ouvem a mesma coisa das amigas brancas qdo apontam racismo no feminismo. Agora, a filha não pode apontar abuso da mãe abusiva porque a mãe também é oprimida?

    ResponderExcluir
  35. EU SOU Dora Sandy eu quero dar graças e eu vou sempre dar graças a dr Okojie que trouxe de volta o meu marido divórcio que deixou-me por 6 anos dentro de uma semana, eu disse sobre este último mês, mas eu prometi para sempre informar as pessoas sobre isso todos os meses de modo que aqueles que não li sobre isso no mês passado vai ler sobre isso agora, eu tenho procurado como engravidar e como obter o meu marido divórcio voltar para minha vida porque eu o amo com todo o meu coração , eu não poderia substituí-lo com qualquer corpo, um dia eu estava assistindo a minha televisão quando vi uma senhora dando graças ao sacerdote Okojie e dizer ao mundo como ele a ajudou Fiquei tão chocada que eu não podia acreditar, porque eu nunca ensinou que não são poderes que podem restaurar o casamento corretagem novamente, ela agradece o médico e dar todos os detalhes sobre o médico e como entrar em contato com ele, então foi assim que eu decidi entrar em contato com ele também, porque eu realmente preciso do meu marido divórcio de volta, quando eu em contato com ele eu disse-lhe tudo e ele me disse para não se preocupar que meu marido divórcio irá certamente estar de volta para mim, no prazo de 5 dias no começo eu não podia acreditar, porque eu estava pensando como poderia alguém que tem ido por 6 anos voltar dentro de um semana, por isso, então eu decidi assistir e ver, inacreditável dentro dos próximos 4 dias, recebi um telefonema de número desconhecido assim que eu pegar a chamada a próxima coisa que eu ouvia era meu maridos voz que ele estava pedindo e implorando-me no telefone que eu deveria perdoá-lo que eu deveria esquecer tudo que aconteceu que ele não sabia o que veio em cima dele, ele não prometeu deixar por qualquer motivo, mais uma vez, que ele era realmente sinto muito pelo que ele fez, eu estava tão surpreso, porque eu nunca acreditei que isso poderia acontecer, de modo que era como eu aceito seu pedido de desculpas e, na manhã seguinte, ele voltou para casa para me encontrar e ainda implorando para eu perdoá-lo eu disse-lhe que está tudo bem que eu o perdoei, foi assim que começou novamente e ele realmente chang para o bem, eu prometi a dizer este testemunho na estação de rádio, agora também estou grávida, antes de este mês se esgote eu prometo dizer isto em estação de rádio muito e eu vou senhor, muito obrigado por favor much.friends i am implorando as pessoas a tentar ajudar-me agradecer a este homem para mim, ou se você precisar de sua ajuda, aqui é o seu endereço de e-mail drokojiehealinghome@gmail.com

    ResponderExcluir
  36. Estava procurando algo p/ ler, perfeito esse texto. Depois de tantos anos percebo que o pior de tudo é quando a gente começa a acreditar no que é falado e quando a gente tenta reagir e de maneira miateriosa no fim a gente sente culpa. Estou nessa fase. Minha mãe diminui e crítica absolutamente tudo que faço, inventa hotrores p/ os tios e amigos mais próximos, qualquer coisa que eu vista está sempre horrível, diz que estou gorda,diz que prefiro meu pai e que eu deveria morar com ele, ameaça mudar de cidade , e nas vezes que ameacei sair de casa ela disse que faria de tudo p/ eu perder meu emprego e que assim não teria opção se não voltar p/ casa, fora as cenas de que está passando mal, até uma convulsão já fingiu. Realmente, não sei o que fazer :(

    ResponderExcluir
  37. O que mais posso dizer, em vez de agradecer Doctor Igbodo que Deus usou para reunir meu casamento. Cada dia da minha vida, que eu peço a Deus que abençoe Dr. Okpamen pois ele fez a minha vida completa, trazendo de volta o meu marido para mim e, por essa razão, eu fiz uma promessa a mim mesmo que eu vou testemunhar na internet para permitir que o mundo saber que Dr. Igbodo é um Deus na Terra. Meu marido e eu tivemos uma briga durante três dias que levaram ao nosso divórcio. Neste dia fiel, me deparei com um testemunho de como Dr. Okpamen ajudou uma senhora na obtenção de volta seu amante. Então, entrei em contato com ele e expliquei a ele e ele me disse que meus dias de tristezas são mais que meu marido vai voltar para mim dentro de 12 a 16 horas. Você poderia acreditar, meu marido chegou em casa implorando que ele precisa de mim para trás. Você precisa de qualquer tipo de ajuda? Contacte-lo agora através do email: drigbodospiritualtemple@gmail.com

    ResponderExcluir
  38. Um poderoso feitiço
    CASTER OMS LIMPAR A forma como a minha SORROW
    Surpreendente?? eu não sei como, graças Dr ALLI ABUMERE que fez um feitiço que
    fazer o meu marido para voltar a me.he me deixou para os últimos cinco anos, e
    nos últimos cinco anos, tenho sido em dores, tristeza, amargura e
    wiping.until i ler uma revista sobre este homem chamado Dr. ALLI ABUMERE, que
    ajudar as pessoas a se unir seu relacionamento dentro de dois days.i nunca acreditam em
    feitiço ou magia, então eu decidi dar-lhe um try.i contactado him.He me disse
    que ele deve voltar para mim segundo a minha believe.he também me prometa
    que ele voltará para mim dentro de dois dias, eu ainda estava duvidando, se puder
    realmente de acordo com o que ele diz, infelizmente, no terceiro dia ele chamar
    me no telefone dizendo que eu deveria esquecer e perdoar him.that ele é agora
    pronto para amar e cuidar de mim, no dia em diante ele, mas um carro para mim dizer que ele
    é muito, muito, muito, muito, muito obrigado a Dr ALLI ABUMERE você me ajudar a trazer
    apoiar minha adorável marido, qualquer organismo desempenhar a sua, tendo problema semelhante, como
    este, pensando sobre o que fazer, enviar-lhe a (dr.abumere002@gmail.com) ele vai
    certamente, mas um sorriso em seu face.not apenas que ele pode ajudá-lo a enviar-lhe agora
    em (dr.abumere002@gmail.com)

    1) Ter promoção em tudo o que fazemos
    2) Ganhar um bom dinheiro
    3) Sucesso nos negócios
    4) problemas espirituais
    5) Caso vitória tribunal
    6) Você quer ser promovido em seu escritório.
    (7) Você quer mulheres / homens a correr atrás de você.
    (8) Se você quer um filho.
    (9) Você quer ser rico.
    (10) Você quer amarrar o seu marido / esposa para ser
    para sempre teu.
    (11) Se você precisar de ajuda financeira.
    (12) Como você foi enganado e que pretende recuperar você perdeu dinheiro.
    (13) se quiser parar o seu divórcio.
    (14) se quiser se divorciar de seu marido.
    (15) se você quiser ser concedido seus desejos.
    MRS OLIVER FRANKLIN
    Saudações

    Você também pode enviar-lhe aqui na (DR.ABUMERE02@GMAIL.COM)

    ResponderExcluir
  39. Parabéns pela sua coragem , eu criei um blog e comecei a escrever a pouco tempo sobre abusos sexual e emocional que aconteceram comigo . Se quiser me visitar http://canaldapimentta.blogspot.com.br/ Abs e boa sorte

    ResponderExcluir
  40. Meu nome é Alegrai-vos eu sou do Brasil, estou aqui para testemunhar o grande trabalho de médico Okojie é um poderoso lançador de magias que me ajudou a obter o amor da minha vida de volta. i e meu namorado estavam em um relacionamento por mais de 4 anos desde nossos tempos de colégio que vivem e crescem juntos como um nós amar e cuidar um do outro tanto, nós ajudamos uns aos outros em dezenas de problemas e necessidades financeiras eu amo-o com a parte mais profunda do meu coração eu nunca pensei que qualquer coisa poderia aconteceu entre nós dois.
    no dia 4 de junho, a minha viagem namorado para assistir ao jogo entre Brasil e Equador, após o jogo, eu estava esperando meu namorado para voltar para casa, mas a minha maior suprimir ele não voltar para casa, eu chamá-lo várias vezes, mas ele não pegar o telefone, liguei para sua mãe para perguntar se meu amante está com eles, eles me disseram que eles não vê-lo por muitos dias agora.
    no dia 8 de junho, uma menina me chamou com o meu telefone amante e disse-me nunca na minha vida chamado meu amante de novo, a menina me disse que meu namorado que eu tenho de estar com tantos anos, mesmo se preparando para casar comigo agora pertencem a ela para sempre, eu implorei com ela para até mesmo dar o meu namorado o telefone para que eu só vai falar com a minha amante, mas ela recusa.
    No dia seguinte eu chamei o meu namorado e ele escolhe o convite e me disse também não o chamou de novo, ele me disse que ele dose não me ama mais, eu estava tão surpresa quando ouvi dizer que diretamente do meu namorado.
    eu choro durante o dia todo, porque eu sei que algo tem de errado com meu amante.
    Chamei um amigo meu e reclamar a ela o que eu estou enfrentando, meu amigo me disse para não preocupado que ela vai me apresentar a um pai espiritual que também ajudar a amiga em tal situação de anos atrás.
    foi assim que ela me deu o endereço do pai para mim e seu número de telefone.
    i em contato com ele através de seu e-mail e dizer-lhe todo o meu problema, o pai me respondeu e me disse que a senhora usar um feitiço mágico na minha amante, ele me disse que a senhora tem de ser à procura de uma maneira de ter meu amante para si mesma para mais de 1 ano atrás.
    Peço ao pai para me ajudar a devolver o meu amante para mim, ele me disse para não preocupado que ele vai destruiu o que sempre o uso da menina no meu amante, ele me tudo que eu preciso para fornecer disse, e eu fiz o que ele me instruiu , após 7 dias eu ter uma conversa com o pai, meu amante me ligar e me disse que ele muito triste pelo que aconteceu, ele me disse que é muito vergonha de até mesmo voltar para a minha casa agora.
    Implorei a ele para voltar para que possamos resolver tudo, quando o meu amante de voltar, eu disse-lhe tudo o que o pai me contou sobre a garota, meu amante me disse que tudo o que o pai disse é a verdade e ele nem sequer sabe o que vir sobre ele e ele não sabia como ele conseguiu ir para casa menina e ficar com ela.
    estamos tão felizes juntos agora e aplainamento para obter casar mês que vem, eu quero que todos vocês para me ajudar a agradecer a este pai e meu amigo que me apresentar ao pai.
    por favor, este é o endereço de e-mail pai, caso você queira entrar em contato com ele também para qualquer problema de relacionamento. drokojiehealinghome@gmail.com

    ResponderExcluir
  41. Olá a todos na rede, Eveline sou Suzanne pelo nome e estou muito feliz de estar na vida para o que este grande, mais poderoso e Godsend médico tem feito na minha vida. Eu e meu marido encantador foram infectadas com o HIV / SIDA para o passado 1YR agora, temos vindo a desperdiçar dinheiro para drogas, comprando e bebendo todo o tipo de medicina herbal mas nenhum curar a doença tão bem continuar procurando até que eu vi este homem Testemunho sobre net como ele curou um HIV positivo, então eu e meu marido decidiu entrar em contato com ele para ajudar, entramos em contato com ele e explicar-lhe as doenças que temos e ele empurrar-nos que ele pode ajudar, por isso mantemos classificação as coisas até que ele empurrar-nos para obter algumas pequenas raízes de ervas, então não podíamos levá-los para que ele empurrar-nos para fazer e o que fizemos. Surprisely este homem é verdadeiramente um grande e verdadeiro homem e com a Herbal Medicine que ele nos enviou e imediatamente entrou em contato conosco e empurrar-nos sobre a forma de levá-la para três dias e fizemos como ele diz, portanto, com os três dias concluída fomos sobre o corpo e surprisly é assim que nos tornamos um HIV-negativos, então estou usando esta oportunidade para agradecer esse médico para o meu marido, eu e meus irmãos por isso, se você tem problema tão facilmente você pode obter Godsend a este médico para obter ajuda através do email: obrigado MARVINLOVESPELL011@GMAIL.COM dr.you são realmente um grande homem

    ResponderExcluir
  42. Queria ter lido esse texto há pelo menos 10 anos atrás, de preferência antes de eu ter me casado, esse texto está repleto de frases utilizadas pela minha mãe quando eu morava com ela, cresci sendo chamada de inútil, comparada com as filhas dos outros que eram sempre melhores que eu, que eu era uma egoísta que não gostava de ninguém da família e eu não entendia pq? Hoje eu entendo, era pra me obrigar a fazer tudo o que ela queria e agir exatamente como ela queria e na hora que ela queria, minha mãe já usou comigo diversas vezes praticamente todas as frases escritas nesse texto. Cresci, me tornei uma pessoa insegura, acabei casando antes de conseguir minha independência financeira, passei por um transtorno de depressão recorrente que só fui ter coragem de procurar ajuda psicológica ano passado, passei os últimos anos me culpando pelos meus fracassos,cobrando demais de mim mesma, me culoando por tudo o que deu errado e hoje eu entendo que esse comportamento auto destrutivo, baixa auto estima e abusivo comigo mesmo, são reflexo de uma infância e adolescência sendo criada por uma mãe controladora e abusiva, realmente o que passamos na infância e adolescência determinam demais o tipo de pessoa que nos tornaremos. Mas a boa notícia é que podemos mudar, pois eu demorei pra descobrir, mas hoje eu sei que ninguém além de nós mesmos podemos mudar e controlar como nos vemos e nos sentimos, quando a gente para de dar poder aos outros, pegamos o poder de controlar nossas próprias vidas e emoções de volta. Ela me disse que nunca iria me pedir desculpas, por que ela não se sente culpada de nada na criação que ela me deu, se era isso o que eu esperava, mas sabe? Ouvir isso me deu aquele choque de realidade que precisava pra entender que ela é quem é, e não há nada que possa fazer e que eu é que não tenho e nunca tive culpa de nada. E de fato eu ainda esperava ela pedir desculpas e reconhecer que sim, ela teve um papel fundamental nas minhas desgraças da vida adulta, não que ela tenha provocado tudo diretamente, mas indideratamente toda aquela merda que eu ouvi dentro de caso sobre mim durante anos ficou gravado dentro de mim e eu repeti o que fui ensinada (inútil, nunca será independente, você não vai conseguir se formar na faculdade por que não tem competência pra isso, vai dar tudo errado na sua vida...), é mãe parece que você previu o futuro, mas não é um futuro que não possa ser mudado, pois hoje eu tomei as rédeas e estou construindo uma novo eu e sim eu vou me formar, eu vou conseguir, vai dar tudo certo, foi só uma fase ruim da minha vida, fazer o que, tive que passar por toda essa experiência pra me tornar mais sábia e conhecer a mim mesma e me lembrar de quando eu tiver filhos não reproduzir com eles o que você reproduziu comigo da seus traumas de infância e de vida, por que os filhos não têm culpa dos traumas de infância e de vida de seus pais. Não tenho raiva da minha mãe e não guardo mais mágoas dela, me libertei desses sentimentos que eu tanto reprimi que só faziam mal pra mim mesma e foi o ato mais corajoso e forte que eu já tive, pois me fez ver que tenho uma vida toda pela frente pra alcançar os meus sonhos, e mesmo que o tempo tenha passado e eu não tenha realizado os planos que tinha dentro do tempo esperado, ainda sim sou jovem e tenho tempo e apoio de quem amo pra realizalos.

    ResponderExcluir
  43. Estou tão feliz de compartilhar com o mundo sobre Dr. Mamado para a cura que recebi, porque eu era HIV / AIDS positivo, mas a sua erva-me completamente curado, eu estava sofrendo de HIV / AIDS, mas a Deus seja a glória agora estou negativo. Quero usar este meio para dizer a todos que a solução para o mal que infectou milhões de pacientes em todo o mundo tem uma solução no passado, então eu gostaria de se comunicar com este grande curador no seu e-mail: herbalhealingcentre403 @ gmail.com com ele todas as suas dores se foram para sempre, estou muito feliz hoje que estou curado de HIV / AIDS, agora sou negativo após o uso da medicina, o meu médico confirmou. Você pode entrar em contato comigo no meu e-mail rebemat04 @ gmail.com para mais informações sobre ele. mais uma vez, eu digo muito obrigado por Dr. Mamado para curar as mãos sobre a minha vida, eu digo que Deus continue a abençoar abundantemente e dar mais poder para continuar a ajudar aqueles que querem a sua ajuda em suas vidas. e-mail para que ele está esperando para recebê-lo agora. mais uma vez seu e-mail herbalhealingcentre403 @ gmail.com

    ResponderExcluir
  44. Estou tão feliz de compartilhar com o mundo sobre Dr. Mamado para a cura que recebi, porque eu era HIV / AIDS positivo, mas a sua erva-me completamente curado, eu estava sofrendo de HIV / AIDS, mas a Deus seja a glória agora estou negativo. Quero usar este meio para dizer a todos que a solução para o mal que infectou milhões de pacientes em todo o mundo tem uma solução no passado, então eu gostaria de se comunicar com este grande curador no seu e-mail: herbalhealingcentre403 @ gmail.com com ele todas as suas dores se foram para sempre, estou muito feliz hoje que estou curado de HIV / AIDS, agora sou negativo após o uso da medicina, o meu médico confirmou. Você pode entrar em contato comigo no meu e-mail rebemat04 @ gmail.com para mais informações sobre ele. mais uma vez, eu digo muito obrigado por Dr. Mamado para curar as mãos sobre a minha vida, eu digo que Deus continue a abençoar abundantemente e dar mais poder para continuar a ajudar aqueles que querem a sua ajuda em suas vidas. e-mail para que ele está esperando para recebê-lo agora. mais uma vez seu e-mail herbalhealingcentre403 @ gmail.com

    ResponderExcluir
  45. Olá eu sou Rebecca Mathew, estou muito feliz por testemunhar este grande spellcaster Dr. Mamado Ayurveda que me ajudar a curar minha doença HIV. Tenho vindo a sofrer desta doença HIV por mais de 4 anos e não encontraram nenhuma cura, a este dia abençoado que eu estava a navegar na Internet e vi uma mulher testemunhar sobre este grande poderoso feiticeiro Dr. Mamado que ele ajudou a curar sua doença HIV com ervas remédio. E eu também contactou o Dr. Mamado e eu expliquei o meu problema com ele e me disse para não se preocupar que ele vai me ajudar a preparar uma base de plantas medicinais para mim e, depois disso, ele me disse para me enviar um óleo que vou usar para curar a minha doença HIV, existem algumas regras que continuarão no uso de petróleo, e eu estava ao lado dele, e depois de usar o óleo senti a mudança em mim e eu fui para o exame médico eo médico me disse que eu estou curado de HIV doença e eu estava muito feliz agora que estou livre da doença HIV ea mulher mencionou que Dr. Mamado também pode curar estas doenças mortais chamado de câncer, diabetes, sífilis, posso agora diz que quem sofre de qualquer uma doença mortal deve contactar esta poderosa spellcaster E-mail-herbalhealingcentre403 @ gmail.com

    ResponderExcluir
  46. Olá eu sou Rebecca Mathew, estou muito feliz por testemunhar este grande spellcaster Dr. Mamado Ayurveda que me ajudar a curar minha doença HIV. Tenho vindo a sofrer desta doença HIV por mais de 4 anos e não encontraram nenhuma cura, a este dia abençoado que eu estava a navegar na Internet e vi uma mulher testemunhar sobre este grande poderoso feiticeiro Dr. Mamado que ele ajudou a curar sua doença HIV com ervas remédio. E eu também contactou o Dr. Mamado e eu expliquei o meu problema com ele e me disse para não se preocupar que ele vai me ajudar a preparar uma base de plantas medicinais para mim e, depois disso, ele me disse para me enviar um óleo que vou usar para curar a minha doença HIV, existem algumas regras que continuarão no uso de petróleo, e eu estava ao lado dele, e depois de usar o óleo senti a mudança em mim e eu fui para o exame médico eo médico me disse que eu estou curado de HIV doença e eu estava muito feliz agora que estou livre da doença HIV ea mulher mencionou que Dr. Mamado também pode curar estas doenças mortais chamado de câncer, diabetes, sífilis, posso agora diz que quem sofre de qualquer uma doença mortal deve contactar esta poderosa spellcaster E-mail-herbalhealingcentre403 @ gmail.com

    ResponderExcluir
  47. Eu nunca soube que as pessoas ainda têm poderes e fazer as coisas acontecerem desta forma. Meu nome é Elena Alexandra, meu Marido Alexandra me deixou por outra menina por três meses desde então minha vida foi preenchida com dores de pena e quebra de coração porque ele era meu primeiro amor, Uma amiga minha Stephanie me disse que ela viu alguns testemunhos de Este grande Dr. Luke Lele Spell Templo que ele pode trazer de volta o meu amante dentro de alguns dias, eu rir e disse que não estou interessado, mas por causa do amor meu amigo tinha para mim, Ela consultou o grande padre em meu nome e Para minha maior surpresa depois de três dias meu marido me chamou pela primeira vez depois de três meses que ele está sentindo falta de mim e que ele é tão triste por tudo que ele me fez passar. Eu ainda não posso acreditar, porque ele altamente inacreditável é muito real para ser real. Obrigado Dr. Luke Lele para trazer de volta meu marido e também para o meu amável amigo que intercedeu em meu nome, para qualquer um que possa precisar da ajuda deste grande sacerdote você pode entrar em contato com o Herbalist grande e um conjurador de feitiço em drlelespelltemple@outlook.com

    ResponderExcluir
  48. Olá pessoal meu nome é Jessica Hiltom, Esta é a coisa mais maravilhosa que eu já experimentei e eu preciso compartilhar este grande testemunho ... Eu só quero dizer graças ao Dr.GUKU por ter tempo para me ajudar a lançar o feitiço que traz De volta meu ex amante {agora meu namorado}, que de repente perdeu o interesse em mim depois de seis meses de noivado, mas hoje estamos casados ​​com um garoto e estamos mais felizes do que nunca, eu estava verdadeiramente espantado e chocado quando meu ex amante Ryan Começar a implorar perdão e para mim aceitá-lo de volta .. Eu sou realmente curto de palavras e alegre, e eu não sei o quanto para transmitir o meu apreço para você Dr.OGUKU você é um Deus enviado para restaurar relacionamento broken.he Desfrutar profundamente ajudando as pessoas a alcançar seus desejos, encontrar o amor verdadeiro, obter seus ex amantes de volta, parar relacionamentos abusivos, encontrar o sucesso, atrair a felicidade, encontrar almas gêmeas e muito mais, entre em contato com ele hoje. E deixá-lo mostrar-lhe as maravilhas eo espanto de seu Sistema de Magia de Amor. Ele entregar resultados em seu melhor em feitiços reais de fundição, entre em contato com ele via e-mail drogukusolutionhomeya@hoo.com
    drogukusolutionhome@gmail.com chamá-lo em + 2348119020294, o seu
    Site: http: //drogukusolutiohom.wixsite com / solução

    ResponderExcluir
  49. Quero compartilhar meu testemunho com o mundo. Meu casamento foi uma bênção até alguns meses atrás, quando minha vida quase ser sugado. Uma mulher estranha tirou o amor de meu marido de mim. Ele deixou-me e os nossos 3 filhos para esta senhora. Eu estava em choque porque eu sei que meu marido ainda me ama. Eu tentei tudo o que podia para recuperá-lo, mas quanto mais eu tentava, mais ele se afastava de mim. Todo meu esforço não produziu nada. Eu estava quase desistindo e queria pedir o divórcio. Então, eu fui para muitos rodadores de feitiço, mas todos eles não conseguiram tirar o meu dinheiro. Eu vivi em dores por 3 bons meses sem qualquer plano de sair desta bagunça. Até que eu encontrei um amigo da velha escola que me mostra ao Dr. Uzoya em druzoyaspiritualtemple@gmail.com, uma bruxa do encanto que restaure então a felicidade a minha família ea minha vida. Seu feitiço funcionava tão rápido que eu nem podia acreditar. Ele é ótimo para o máximo que posso dizer. Ainda estou grato a ele até amanhã para suas obras de feitiço. Meu marido voltou com desculpas por todos os poderes mágicos do Dr. Uzoya. Você também pode contatá-lo em seu e-mail para todos os seus relacionamentos ou problemas conjugais; druzoyaspiritualtemple@gmail.com. Obrigado a todos vocês

    ResponderExcluir
  50. POR FAVOR, AJUDE-ME AGRADECER AO DEUS TODOS PARA USAR ESTE PROFETA DE GREATE PARA TRAZER OS SORRISOS DE VOLTA A MINHA CARA NOVAMENTE.

    Meu nome é Sra. Cynthia, sou do México, é tão real quando eu tentei e tão verdadeiro. Eu não posso acreditar que minha vida pode mudar para

    melhor. Eu realmente quero usar esse meio para apreciar a maravilhosa obra que o Senhor usou o Profeta Moisés para fazer na minha

    vida. Eu e meu marido, onde vivemos felizes juntos com nosso filho até que o diabo teve que trazer uma mulher entre .. Meu

    O marido mudou de repente. Começou a ficar nas noites mais tarde e em outra ocasião ele nem voltou para casa por 5 dias.

    Eu tentei saber o que deu errado, mas ele sempre me diz nada. Isso continuou até que ele finalmente me deixou e nosso filho

    Para outra mulher .. Eu tentei tudo que eu poderia para obtê-lo de volta, visitei muitas casas espirituais, mas não foi capaz de me ajudar. Um

    Dia como eu estava passando pela internet em busca de emprego, vi testemunhos diferentes sobre como um profeta os ajudou

    Com seus problemas. Um deles disse que o ajudou a curar suas doenças, o outro disse que a ajudou a ficar grávida após 11

    Anos de estar sem filhos e eu vi outro que disse que ele ajudou a salvou seu casamento e obter um bom emprego, ela caiu o

    Profeta Email, então eu decidi dar ao homem um julgamento e eu entrei em contato ele em seu Email: revjohn90@yahoo.com
    Eu contactei este homem de Deus e disse-lhe os meus problemas e ele foi capaz de ajudar-me a trazer o meu marido para pedir desculpas

    Eu e nosso filho, eu também tenho um bom trabalho e agora estamos saindo feliz ainda mais do que nunca. Ele nunca coletou nenhuma

    Dinheiro de mim, eu só tive que Semear uma Semente (oferenda) para apoiar a obra de Deus. Ohh AGRADECE A DEUS POR ENVIAR UM GRANDE PROFETA

    COMO O PROFETA MOISÉS PARA AJUDAR AS PESSOAS DO MUNDO COM OS SEUS PROBLEMAS, AGRADECEM-LHE UM GRANDE PROFETA. Vou continuar a falar

    De vocês boas obras para o mundo. Você também pode contatá-lo hoje em seu Email: revjohn90@yahoo.com
    O profeta Moisés me disse que eu também poderia contatá-lo em qualquer um dos seguintes problemas:

    (1) quer o seu ex-costas.
    (2) Você sempre tem pesadelos.
    (3) Ser promovido em seu escritório
    (4) Quer uma criança.
    (5) Você quer ser rico.
    (Diabo) quer manter seu marido / esposa para ser seu sozinho para sempre.
    (7) necessitam de assistência financeira.
    😎 Você quer estar no controle de seu casamento
    9) Quero que você se sinta atraído por pessoas
    10) Infância
    11) PRECISAR UM MARIDO / ESPOSA
    12) Cura para qualquer doença.
    Contate o Este grande homem hoje e você será contente você fez. Email: revjohn90@yahoo.com

    ResponderExcluir
  51. Eu quero compartilhar este testemunho maravilhoso para as pessoas que estão no mesmo problema que eu era antes que eu quis dizer Dr. Ben. Eu estava vivendo com HIV durante os últimos 2 anos, apenas no mês passado, enquanto eu estava navegando na internet sobre esta doença mortal, eu vi um depoimento de alguém chamado Edwards Simone, testemunhando de como ela foi curada de HIV pelo Grande Dr Ben e eu Decidiu também e-mail este homem e dizer-lhe sobre o meu problema e como eu fiz isso, ele me disse para enviar-lhe alguns dos meus dados pessoais que eu fiz e ele me preparou uma parte que eu tomei e, em seguida, ele me disse para esperar por um semana. Depois de uma semana ele me disse para ir para outro teste de HIV, o que eu fiz e para o meu maior suprimir i foi confirmado negativo. Todos os agradecimentos sejam ao Dr. Ben e se você sabe que você está neste mesmo problema ou a outra doença mortal envia-o por correio electrónico agora em (drbenharbalhome@gmail.com) ou contata-o agora no whatsaap: +22893464014. Você pode me pegar no e-mail: soniastevens1995@gmail.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vanessa. Paraibana, leonina, amante dos animais e de homens com cabelos compridos. Isso é basicamente tudo que você precisa saber sobre mim, o resto você descobre nas páginas do blog. ♥

 
Perhappiness © Todos os direitos reservados :: Ilustração por Brenda S. Pauletti :: voltar para o topo